Páginas

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Artes marciais e a educação física

Há muitos anos o CREF/CONFEF(conselhos regional e federal de educação física) tentam impor que os praticantes e professores de artes marciais fiquem subordinados a eles, obrigando assim ao pagamento das devidas taxas. 

Sempre perderam na justiça, mas agora, através de lobby no congresso nacional, conseguiram alterar um PL(Projeto de Lei) de co-autoria do advogado e professor de aikido Paulo Cremona para que seja obrigatória a formação em educação física para todos os professores de artes marciais. Se você não concorda com isso, assine a petição no link abaixo:


Nossa editora não acredita que eles insistem nisso. Ela já assinou, e você?

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Mensagem do doshu - 2014

O site da Fundação Aikikai foi totalmente remodelado(ficou bem melhor) e contém muitas informações. Em um certo esforço procuraremos traduzir para o português o que for possível.

Abaixo a mensagem do doshu em 2014 em uma tradução livre. O texto original em inglês pode ser lido aqui.

O fundador, Morihei Ueshiba, através de um treinamento intensivo em artes marciais e da mente, criou o Aikido. Kishomaru, o 2º doshu, se dedicou a promover o grande valor do Aikido e abrir suas portas para o mundo.

Passaram-se 82 anos desde que o atual Hombu Dojo foi fundado em 1931. O Aikido se espalhou por 95 países: Américas do norte, central e do sul; Europa ocidental e oriental; e sudeste da Ásia. Em 2012 a Fundação Aikikai embarcou em uma nova fase como uma Fundação de Interesse Público. 

O fundador, Morihei Ueshiba, criou o Aikido como uma forma de "banyuaigo(amor por todas as coisa da natureza)", após perceber que as artes marciais estavam desenvolvendo habilidades de luta com o objetivo exclusivo da vitória. 

O fundador disse que era mais importante harmonizar com as pessoas do que ganhar pela força. Mudar de 'habilidades de luta' para 'harmonia' é o propósito do treinamento. Amor é todo "Ki(energia vital)" baseado em "En No Ugoki(movimento circular)", "Irimi(entrar)", "DoChuSei(tranquilidade na turbulência)" e "Chushin(centro imóvel)" para treinar nossas habilidades uns com os outros. Não há nenhum conflito nesse treinamento. Aikido é o "caminho da absoluta auto-realização".

Desnecessário dizer que a fabulosidade(NT: ainda que esta palavra não exista, expressa bem o que se quer dizer) das técnicas do Aikido e os princípios filosóficos criados pelo fundador são amplamente conhecidos. Para tal realização, o generoso apoio do pai do fundador(Yoroku Ueshiba), dos praticantes mais antigos que passaram corretamente para as gerações seguintes, a dedicação do segundo doshu Kishomaru Ueshiba na propagação do Aikido baseado nos ensinamentos do fundador era necessária. De minha parte, tenho seguido seus passos com o apoio de diversas pessoas. Acredito que isto criou um círculo ainda maior do Aikido hoje em dia.

Vou continuar me esforçando e acalentando o espírito de harmonia, derrubando as barreiras dos países, raça e religião, num esforço de fazer este grande Aikido apreciado por um grande número de pessoas. Também espero poder contribuir com a sociedade o máximo possível através do Aikido.

Abril de 2014
Moriteru Ueshiba Doshu

Inspiração para treinar, diz nossa editora