Páginas

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Minoru Mochizuki conhece Tadashi Abe

Traduzido livremente deste blog em espanhol.

Havi aum homem chamado Tadashi Abe, recentemente falecido. Em certa ocasão que visitei O'Sensei no dojo de Iwama para saudá-lo após o meu regresso ao Japão ao final da guerra(WWII), tive o seguinte encontro com ele. O'Sensei se encontrava feliz ao saber que eu havia regressado são e salvo e meu deu calorosa recepção. Fiquei para dormir esta noite no dojo. Nessa mesma noite veio ao meu quarto um homem com um aspecto de mau com um corte de cabelo estilo monge e me pediu permissão para entrar. Quando lhe dei permissão, ele entrou.

"- Me chamo Tadashi Abe. Sensei, posso lhe fazer uma pergunta direta?"

Lhe disse que me perguntasse o que quisesse. Me perguntou se eu realmente estudava Aikijujutsu de maneira séria. Naquela época a arte ainda não tinha o nome de Aikido. Quando respondi afirmativamente, me disse o seguinte:

"- É sério? Há tempos escuto muitas coisas sobre o senhor, sensei. Ouvi que teve experiência real em combate. Me parece estranho que alguém como o senhor esteja satisfeito com uma arte como o Aikijujutsu".

Qual perguntei a ele por que pensava assim me respondeu que nem Ueshiba sensei e nem o sr. Morihiro Saito seriam capazes de resistir a um combate contra ele nem por 3 minutos. Que ele os derrotaria com um só golpe.

-"Está muito seguro de si, não é?", respondi. "Acredita realmente que pode derrotar a Ueshiba sensei?", completei.

Respondeu que que acredita ser fácil para ele derrotar O'Sensei e ainda disse:

- "Tenho observado muito a Ueshiba sensei e não me convence praticar uma arte como Aikijujutsu. Estou seguro que posso derrotá-lo só com golpes de boxe. Soube que o senhor põe ênfase no combate, correto?"

O respondi como segue:

- "Já estive em muitas brigas de rua, mas não incluiria isso na categoria de combate. E também já invadi acampamentos inimigos com o sabre em mãos."

Então me perguntou se o Aikido realmente era útil ou não para lutar. Quando respondi que o Aikido não só era útil para lutar mas também para tempos de guerra disse que minha resposta não o convenceu. Então sugeri que me atacasse e fiquei aguardando, indicando que o fizesse da maneira que melhor conhecesse. Me pediu que ficasse em guarda. Respondi:

- "Não peça coisas desnecessárias. Não há como derrotar um inimigo se ele lhe diz o que fazer. Ataque-me como quiser!"

Abe murmurou: "Sensei, posso realmente te atacar? É estranho, tens abertura em todas as partes..." Então se pôs em guarda e me atacou de repente. Me esquivei do golpe(taisabaki) e lhe dei um soco. Gritou e caiu ao chão. Imediatamente apliquei uma técnica de ressuscitação(katsu) e uma massagem.

- "Como pode alguém como você, que se desmorona e perde os sentidos quando recebe um pequeno chute, durar algo em uma luta?"

- "Sensei, no Aikido há técnicas de chute?"

- "Estúpido! O que quer dizer com essa pergunta? Empregamos técnicas de chute ou o que for necessário. Inclusive já empreguei artilharia. As artes marciais, as armas e a artilharia, todas são Aikido. O que você acha que é o Aikido? Acha que se trata de torcer punhos? É um meio de guerra...Uma ação de guerra! O Aikido é uma luta com sabres de verdade. Empregamos a palavra "Aiki" por que com ela podemos sentir a mente do inimigo que vem a atacar, de maneira que possamos responder de maneira imediata. Veja o Sumô. Quando autorizados(Mitte, Mitte) se levantam e se lançam um contra o outro em um flash. Isso aí é "Aiki". Quando uma pessoa enfrenta um inimigo estando em um estado mental livre de toda idéia ou pensamento e instantâneamente capaz de lidar com ele, a isso chamamos de "Aiki". Em tempos antigos se chamava de "Aiki no jutsu". Assim, a artilharia ou qualquer coisa se converte em "Aiki"."

- "Ah, acho que estou entendendo!"

- "Se ainda não entende, venha me ver quando quiser,"

Depois desse episódio, Abe ficou com medo de mim e só me cumprimentava de longe. Mas quando fui enviado(por Ueshiba sensei) à Europa me pediu que o levasse como assistente.

Durante o tempo en que estive na Europa também tive experiências interessantes. Como praticávamos coisas como luxação de pulsos algumas pessoas me perguntavam se este tipo de treinamento seria útil em uma luta real, assim que lhes dei a seguinte explicação:

- "Quando praticamos, aprendemos a maneira correta de mover o corpo e como empregar a força(kokyu ryoku) de maneira racional. Mediante do uso do "Aiki" serás capaz de responder imediatamente quando um inimigo se aproximar com a intenção de atacar. Dessa maneira você poderá se defender de qualquer um."

Um aluno então me perguntou: "Então posso trazer uma pistola? Se usar uma pistola sensei, o que o senhor faria?"

Minha resposta foi que então eu traria um rifle.

Minoru Mochizuki, 10º dan

Nenhum comentário:

Postar um comentário